Eu trabalho sozinha, tenho toda a liberdade para deixar a imaginação voar. Ouço música o tempo todo, eu canto (danço também) e ninguém me julga (rsrsrs) e é assim que eu crio.
Vou escolhendo os materiais e colocando tudo em cima da minha mesa pra ir montando as peças diante dos meus olhos, sou totalmente visual mas o sentido tátil também é muito importante pra mim. Ver e sentir as cores e texturas são uma grande inspiração.
Espalho tudo, mas assim que eu separo todo o material que vou usar eu guardo todo o resto pra mais nada tirar minha concentração, só que como todo bom artista as ideias brigam entre si e muitas vezes uma passa na frente da outra.
Acontece, acontece muito e aí é recomeçar o processo.
 
Detesto bagunça, gosto de tudo muito organizado como dá pra ver na foto. Sim, meu ateliê é arrumado desse jeito, no fim do dia guardo tudo para encontrá-lo arrumado e bonitinho no dia seguinte.
Cada um com as suas manias, né?
 
Mas esse é o sistema que funciona pra mim, quanto menos bagunça a minha volta, mais eu produzo.
 
    


E essa sou eu, feliz da vida trabalhando com o que amo no lugar que mais adoro estar!
 
 
Bj
 
Selma